Querido Ollie, Stephen Foster

25 abril 2009

Editora: Caderno
Páginas: 128
Categoria: Memórias


"Um cão difícil. Um dono persistente. Uma história de amor.Stephen Foster gosta de estar em casa e tem hábitos e rituais de que não abdica. Ou melhor, de que não quer abdicar… Porque a partir do momento em que recolhe Ollie num canil, a sua vida muda para sempre. O pequeno lurcher que agora deambula pelos corredores não corresponde a nenhum padrão conhecido. Aos poucos Stephen começa a perceber que Ollie, tal como qualquer ser humano, é único e incomparável. E, à semelhança de qualquer ser humano, tem de ser conquistado… A luta do autor para ganhar o amor e o respeito de Ollie, e torná-lo um verdadeiro animal doméstico, a par com as novas rotinas a que de repente se vê obrigado, é um divertido e comovente tributo a todos aqueles que amam os seus animais."

Depois de um livro sobre donos e cão e consequentes atribulações como "Marley e Eu", cuja leitura tanto me levava à gargalhada como às lágrimas, era quase inevitável que este livrinho me soubesse a pouco, muito pouco...

É uma leitura agradável para quem gosta de cães, com alguns momentos divertidos, sim, mas acho que a sua mais-valia são as mensagens que transmite, principalmente a nível da adopção animal (consciente e responsável) e ao facto de cada cão ser realmente único, com as suas próprias "taras e manias"... enfim, com a sua personalidade.

Acima de tudo, por muito atribulada que possa ser a coexistência ente cão e dono, acaba sempre por se tornar uma história de dedicação e amor.

10 comentários:

Pati Beatriz disse...

Olá, visito seu blog há algum tempo, e acabo de criar o meu. Adicionei o seu, se houver problemas, me avise. E visite-me!

semidio disse...

Olá minha linda!
Deixei-te um miminho no meu blog.
Espero que gostes!!!!
Beijinhos fofos!!!

Projecto /Lê/ disse...

Somos alunos do 12º Ano da Escola Secundária de Serpa, Ana Aragão, Andreia Sebastião, João Pereira e Margarida Pires.

No âmbito da disciplina de Área de Projecto, disciplina curricular não disciplinar, que tem como objectivo desenvolver a nossa capacidade trabalho, autonomia e organização, escolhemos o tema da importância da leitura devido à grande indiferença sentida neste campo no nosso país. Então, temos como principal objectivo o incentivo à leitura da comunidade em geral.

É assim que surge o Projecto /Lê/.

Convidamo-lo a visitar o nosso blog. Nós seremos assíduos aqui, certamente.

Boas leituras!!

Carla Martins disse...

Olá, também li Marley e Eu e, somando a maneira ótima do autor contar histórias à paixão que tenho por animais, especialmente por cachorros, ler o livro foi uma experiência maravilhosa para mim.

Esse do seu post eu ainda não li, mas fiquei com vontade!

beijos brasileiros!

Paula disse...

Olá, estou passando para te dizer que tens um prémio no meu blog :)
(está no canto esquerdo inferior do blog).

Boas leituras!!

Migalhas disse...

Pati Beatriz,
obrigada pela visita e parabéns pelo novo blog ;)

Semidio,
Mais um miminho saboroso, que maravilha. Obrigada, querida!

Projecto /Lê/,
Bem-vindos, também eu irei visitar o vosso blog assiduamente.

Carla Martins,
Para mim "Marley e Eu" é incomparável com este... Adorei o "Marley e Eu" e este nem por isso ;)

Paula,
Obrigada, estou a ficar mimada demais ;) Beijinhos e boas leituras para ti também

Euzinha! disse...

Li "Marley e eu", acho que já me basta um livro de cães e seus donos...rs
Visitei seu outro blog e acabei vindo aqui. Gostei e vou virar freguesa, tem umas dicas ótimas de livros, espero encontrar por cá...
beijo.

Andrea disse...

também li Marley & Eu e confesso: ao fechar o livro decidi nunca ter uma labrador. Mas acho muito legal essa idéia de conscientizar as pessoas, precisamos de mais livros assim..

[]'s
Andrea
http://literamandoliteraturando.blogspot.com/

flicka disse...

gostava ler este livrinho... é teu ou emprestado...?! eheh... :D

Migalhas disse...

Euzinha!
Bem-vinda e obrigado pelo comentário. Vou já visitar o seu blog também ;)

Andrea,
Pois, mas o "Marley e Eu" até era um livro divertido, este achei que valeu apenas mesmo pelo consciencialização.

Flicka,
Minha querida, de vez em quando lá tenho conseguido enfiar alguns dos meus livritos pelo meio das leituras, mas este foi mesmo um empréstimo através do Bookcrossing :S

Enviar um comentário

Blog contents © BiblioMigalhas 2010. Blogger Theme by Nymphont.