Uma Villa em Itália, Elizabeth Edmondson

23 junho 2009

Editora: Edições Asa
Páginas: 400
Categoria: Romance


"Delia, filha de um lorde e cantora de ópera, não consegue esquecer o ex-namorado, agora casado com a sua irmã. George, um cientista nuclear de Cambridge, não consegue perdoar-se por ter participado no desenvolvimento da bomba atómica. Marjorie escreve policiais, ou melhor, escrevia, já que se debate há algum tempo com um bloqueio criativo. E Lucius, banqueiro de Boston, vive ainda assombrado pelas memórias da guerra

Quatro pessoas aparentemente sem nada em comum vêem o seu nome mencionado no testamento de uma mulher que não conhecem. Quem foi Beatrice Malaspina e porque exige que compareçam na sua villa em Itália? Enquanto esperam pelas respostas, a magia do lugar começa a exercer os seus efeitos sobre eles: os frescos desbotados, os jardins exuberantes e a magnífica torre medieval não se assemelham a nada que já tenham visto. Aos poucos, quatro pessoas que sempre fizeram os possíveis por esconder os seus problemas descobrem que a mudança - e até mesmo a esperança - é possível. Mas a misteriosa Beatrice tem um segredo que os afectará a todos…"

Ora cá está mais um livro que me agradou e surpreendeu. Confesso que quando este livro foi lançado no mercado, não lhe prestei grande atenção. Pensei que se trataria de mais um romance cor-de-rosa lamechas e não fiz questão de o comprar. Entretanto, em conversa, aconselharam-mo e emprestaram-mo. Peguei nele há uns 3 dias e ontem fiz “maratona” para o acabar.

É de facto, um livro perfeito para o Verão. Uma escrita clara e fluida, numa história que se vai desenrolando gradualmente, em que as peças se vão revelando e encaixando aos poucos até ao final, altura em que o puzzle fica completo e os mistérios são desvendados (daí a minha maratona, para encaixar as pecinhas todas).

Logo eu que sou esquisitinha com os finais dos livros, achei este muito bem construído, sem sobressaltos, sem ser apressado, encaixando-se naturalmente no fluir da história.

Gostei também das personagens, principalmente da forma como as personagens centrais vão baixando as defesas e revelando-se umas às outras. Quanto a Beatrice Malaspina, acho que até eu fiquei com vontade de a conhecer, depois ler a forma como ela engendrou tudo para juntar aquelas quatro pessoas tão especiais na sua Villa Dante. E aquela casa, devia ser fantástica!

Mais uma bela surpresa. Um livro que fechei com um sorriso e que recomendo a quem procura uma boa leitura de Verão.

8 comentários:

Marta disse...

Olá,

Gostei do teu comentário, pois deixou-me com alguma curiosidade. Parece-me realmente uma boa sugestão.

Boas Leituras
Beijinho

Miar à chuva disse...

Tal como tu, eu não pegaria neste livro se não fosse as muitas opiniões positivas.
Bjinhos e boas leituras

flicka disse...

Tenho este livro na estante, que comprei no ano passado, mas agora com a tua opinião, este será uma das próximas leituras de Verão!

Migalhas disse...

Olá meninas,
Foi mesmo uma boa surpresa... não estava nada à espera de um livro assim. Agora fico eu a aguardar as vossas opiniões quando o lerem ;)

Tinkerbell disse...

gostei da tua opinião pois eu tb que se tratava de "...mais um romance cor-de-rosa lamechas e não fiz questão de o comprar."

flicka disse...

Tens um selinho no meu blog à tua espera...
:)*

Migalhas disse...

Tinkerbell,
Não achei muito lamechas e gostei muito da parte do mistério ;)

Flicka,
Obrigada, minha querida, pelo teu contínuo carinho e amizade :)*

Ritinha disse...

parece bastante interessante... fiquei com a pulga atras da orelha :D

Enviar um comentário

Blog contents © BiblioMigalhas 2010. Blogger Theme by Nymphont.