O Quarto de Hóspedes, Helen Garner

01 novembro 2009

Editora: Oceanos
Páginas: 160
Categoria: Memórias/Testemunhos

"Na sua casa de Melbourne, Helen prepara carinhosamente o quarto de hóspedes para a sua amiga Nicola, que vem visitá-la durante três semanas para se sujeitar a tratamentos de medicina alternativa que, acredita, a vão curar do cancro de que sofre.
A partir do momento em que a aristocrática Nicola sai do avião, magríssima e com a voz rouca, mas ainda assim em grande estilo, Helen passa a ser a sua enfermeira, mudando-lhe os lençóis vezes sem conta, dando-lhe de comer e de beber e acompanhando-a ao duvidoso Instituto Theodore para os estranhos tratamentos a que Nicola, confiantemente, se submete.
"O Quarto de Hóspedes" narra uma história de amizade, esperança e revolta. Comovente sem nunca ser piegas, por vezes com grandes rasgos de humor, é também o retrato de uma geração de mulheres que nos anos 70 do século XX, se julgaram para sempre jovens, belas e imortais e se vêem agora confrontadas com os seus piores pesadelos."

E muitas vezes, nos livrinhos mais pequeninos, encontramos verdadeiros tesouros. É o caso deste livro, um empréstimo em que decidi pegar por impulso, uma noite destas.

Começo por referir a capa, que acho linda, e o marcador, muito original, para pendurar na porta do quarto: "Favor não incomodar, estou a ler."

Um livro belo esteticamente, mas também no conteúdo. Com uma escrita límpida e clara é abordado um tema pesado, o cancro, mas acima de tudo, a história centra-se nas raízes profundas da amizade, quando a vida se complica, as rotinas se alteram e nos é exigido mais do que alguma vez pensaríamos estar dispostos a dar.

Logo nas primeiras páginas comecei a sorrir com os preparativos de Helen para tornar o quarto de hóspedes o mais acolhedor possível, de tantas vezes me vi na mesma situação que ela, a preparar o quartinho o melhor possível para a visita que lá vinha. Mas, neste caso, a visita vem com o peso de uma doença incurável em estado avançado e partilhará com Helen momentos intensos e dramáticos que aos olhos de Helen se acabam por revelar tragicómicos.

A mestria e o encanto deste livrinho está na sua escrita límpida, no facto de sair do politicamente correcto e de ser terrivelmente sincero, mesmo quando a verdade dói. É assim Helen, a voz que nos conta esta história tão singularmente comovente.
Mais um excelente livrinho que recomendo!

9 comentários:

JM disse...

Obrigada pela sugestão! Não conhecia esta obra mas já a recomendei à minha mãe que é voluntária no IPO.
Boas leituras*

flicka disse...

Desconhecia este livro. A tua opinião e recomendaçao tocaram-me... uma história de amizade... escrita limpida... comovente... é então mais um livro a ser acrescentado à minha lista de compras!
Um gde bjinho para ti!

Jojo disse...

Olá!
Eu também desconhecia este livro. Mas a sinopse e tua opinião tão emotiva convenceram-se. Além disso, estou a pensar em escolher oncologia para a minha futura especialidade. Embora nesta altura ainda esteja tudo um pouco enevoado. Veremos o que o futuro me reserva.

Bjoka gorda*
Boa semana:)

Migalhas disse...

JM,
Decerto a tua mãe irá gostar e tu também podes dar uma espreitadela ;)

Flicka,
É mesmo daqueles pequenos tesourinhos que fogem à corrente das modas literárias e que proporcionam belos momentos de leitura. Eu tinha-o visto quando saiu, mas fui optando por comprar outros que me chamaram mais a atenção, mal sabia eu o que aquelas páginas me reservavam ;)

Jojo,
Achei uma história linda que aborda o cancro numa perspectiva diferente, recomendaria a leitura de qualquer forma, mas se é uma área que te interessa, ainda mais ;)
Beijinhos a todas e boas leituras

Tinkerbell disse...

os livros que descubro aqui migalhitas, ctg!parece mt bom! e eu bem sei o que a helen vai passar (sou enfermeira, mas não na área de oncologia, apesar de talvez no futuro quem sabe, mas como ainda só tenho 23 anos, preciso de reforçar o meu nivel de maturidade pessoal e profissional para um serviço desses!)

bjs**e boas leituras

Nuno Chaves disse...

pela sinopse parece ser beastante interessante e intenso. hei-de dar-lhe uma espreitadela da proxima vez que for as compras.
nuno

Carla Martins disse...

Que capa linda!!!!! Amei!

Liliana disse...

Quem é amiga, quem é?
:)**

Lígia disse...

Tinkerbell,
Não sabia que és enfermeira. Então deves estar ciente das dificuldades não só físicas como psicológicas pelas quais não só os doentes, como familiares e amigos, passam.
Beijinho e muito sucesso profissional e pessoal

Nuno Chaves,
Não tão intenso como seria de esperar. O tema é forte, mas o livro está escrito com leveza e simplicidade, tornando-o muito belo.

Carla,
Também adorei a capa e o marcador, são lindos! Um belo pack ;)

Liliana,
Tuuuuu, minha querida, que me emprestaste este livrinho fantástico! :)*****

Beijinhos

Enviar um comentário

Blog contents © BiblioMigalhas 2010. Blogger Theme by Nymphont.