A Ilha das Três Irmãs, Nora Roberts

09 agosto 2009

Editora: Chá das Cinco
Páginas: 302
Categoria: Romance

"Quando Nell Channing chega à acolhedora Ilha das Três Irmãs, acredita que finalmente encontrou um refúgio do seu marido violento... e da vida horrível que levara nos últimos anos.

Mas mesmo nesse lugar calmo e distante, Nell nunca se sente inteiramente à vontade. Escondendo cuidadosamente a sua verdadeira identidade, aceita um lugar como cozinheira num café e começa a explorar os seus sentimentos pelo simpático xerife da ilha. Mas há uma parte de si que ela nunca lhe poderá revelar, pois tem de guardar alguns segredos se quer manter o passado longe de si. Uma palavra a mais... e a sua nova vida tão cuidadosamente montada pode despedaçar-se.

E quando Nell começa a questionar-se se alguma vez será capaz de se libertar do seu medo, apercebe-se de que a ilha sofre de uma terrível maldição que só pode ser desfeita pelas descendentes das Três Irmãs: as bruxas que se instalaram na ilha em 1692. Então, com a ajuda de outras duas mulheres talentosas e determinadas - e com os pesadelos do passado a atormentarem-na constantemente - ela tem que encontrar a força para salvar o seu lar, o seu amor e a sua vida."

Mais uma vez, Nora Roberts cria personagens cativantes, fazendo-nos acompanhar o desenrolar da história ora com um sorriso, ora com o coração apertadinho.


Gostei bastante deste 1.º volume de um trilogia que me foi muito bem recomendada, mas estive sempre ansiosa pelo grande clímax que deixou um pouco a desejar. A cena (tão vívidas são as descrições) que se esperava mais intensa foi rápida demais para tanta antecipação ao longo da história.

Continuo a achar que os finais dos livros de Nora Roberts são muito apressados, depois de tantas páginas de drama e hesitações.

Neste volume, acho que a parte do suspense poderia ter sido melhor aproveitada, mas, mesmo assim, Nora Roberts conquista com as suas personagens e estou ansiosa por ler os próximos 2 volumes, principalmente "A Cor do Fogo", sobre Mia, a personagem que mais me cativou.

Aguardam-se sentão "cenas dos próximos capítulos" nesta ilha mística...

3 comentários:

flicka disse...

Li este livro e gostei, mas desisti de pegar as restantes. Bastou-me esse. Fartei-me de trilogias. :)

Betita disse...

:) Gostei bastante desta triologia!!!
Já leste a Triologia das Jois? Para mim é a melhor ;)
Beijo

Migalhas disse...

Flicka,
Pois, eu tb tenho uma certa embirração agora com a "moda" das trilogias e sagas... mas esta trilogia tinha prometido a mim mesma que a lia este Verão e é objectivo a cumprir. Depois, fico arrumada de Nora Roberts por uns tempos ;)

Betita,
A das Jóias foi a única trilogia da Nora que me aventurei a comprar e está ali sossegadita na estante à espera de vez... Gostei bastante da Trilogia do Jardim, vamos ver se essa a supera... não sei é quando lhe vou pegar. Como sabes, a pilha de livros por estes lados está caótica! :D

Enviar um comentário

Blog contents © BiblioMigalhas 2010. Blogger Theme by Nymphont.